História

1984 – Fundação

Percebendo a necessidade de matérias-primas nacionais qualificadas no mercado farmacêutico, Giuseppe Frangioni funda a Blanver. Com alto investimento em tecnologia e suporte técnico, torna-se rapidamente um dos principais fornecedores no mercado.

1988 – Internacionalização

Já bem posicionada no mercado brasileiro, a Blanver inicia o processo de internacionalização, estabelecendo uma estratégia de distribuidores exclusivos para cada território.

1995 – Segmento de Alimentos

Outro importante marco foi a entrada no setor alimentício. Com algumas adaptações, a celulose microcristalina fornecida para produtos farmacêuticos pode ser usada como ingrediente em diversos alimentos como sorvetes, bebidas lácteas, creme de leite, entre outros.

1996 – Unidade Farmacêutica

Com a globalização e a crescente concorrência internacional, a Blanver já distribuía no mercado brasileiro uma linha de produtos sinérgicos e inovadores complementando seu portfólio, e funda nesse ano sua unidade farmacêutica, passando a oferecer serviços de terceirização de produção de medicamentos, com suporte técnico intensivo e de alta qualidade.

1998 – Escritório na Europa

Com o objetivo de prospectar oportunidades inicialmente na Europa e posteriormente na Ásia, África e Oceania, é inaugurado o escritório na Espanha.

2000 – Blanver nos EUA

Na virada do século a Blanver iniciou suas operações nos Estados Unidos, o maior mercado farmacêutico. Com a abertura de um escritório e quatro centros de distribuição estrategicamente localizados, passamos a atender os clientes diretamente, fornecendo produtos de alta qualidade a pronta entrega e com suporte técnico local.

2005 – Medicamentos Antirretrovirais

A entrada no segmento de antirretrovirais se deu através da terceirização da produção de medicamentos para o tratamento de HIV para laboratórios oficiais brasileiros. Nesse ano tivemos também o registro de patente do medicamento Didanosina Entérica, desenvolvido em conjunto com institutos de pesquisas.

2009 - Nova Unidade Farmacêutica

Inauguramos nossa nova unidade farmacêutica, com estrutura moderna e maior capacidade produtiva. A partir de um alto investimento em tecnologia e P&D, iniciamos o desenvolvimento dos nossos próprios medicamentos.

2011 - 1º medicamento próprio

Lançamento do primeiro medicamento da Blanver – o Tenofovir, indicado para tratamento de HIV e Hepatite B.

2012 – Novo processo patenteado de fabricação

Implementação do novo processo patenteado de fabricação de matérias-primas, resultando em um aumento expressivo de produtividade e redução significativa no consumo de energia elétrica, água, etanol e gás natural, com importantes ganhos para o meio-ambiente.

2013 - 2º medicamento próprio

Lançamento do segundo medicamento da Blanver – o Duplivir (Tenofovir + Lamivudina), sendo considerado uma inovação no tratamento de HIV, pois combina dois ativos num mesmo comprimido.

2014 - Projeto Cogeração de Energia Elétrica

Com a implementação do sistema de cogeração de energia elétrica passamos a produzir 80% de toda energia demandada pela nossa fábrica de matérias-primas, resultando numa das mais importantes ações no quesito sustentabilidade.

2015 - Mudança estratégica

Novo rumo para a Unidade Farmacêutica: Foco no desenvolvimento e produção de medicamentos próprios, plano de internacionalização e descontinuação da divisão de serviços de terceirização. Entrada no segmento de Ingredientes Farmacêuticos Ativos (IFAs) através de aquisição da empresa CYG Biotech.